Blog do Dr Jairo Bouer
 

03/10/2011

Café poderia proteger mulheres da depressão

 

 

Um estudo feito pela Escola de Medicina de Harvard, nos Estados Unidos, mostrou que mulheres que tomam duas ou mais xícaras de café por dia têm menos propensão a sofrer de depressão. A pesquisa foi feita com dados de mais de 50 mil enfermeiras, coletados entre 1996 e 2006.

As voluntárias que consumiam duas ou três xícaras de café por dia tinham 15% a menos de chance de desenvolver depressão do que as mulheres que bebiam no máximo um copo de café por semana. As que tomavam quatro ou mais xícaras diárias apresentaram 20% a menos de risco de ter a doença.

Por outro lado, as consumidoras regulares de café eram mais propensas a fumar, beber álcool e a se envolver menos com atividades da Igreja ou grupos voluntários ou comunitários. Ainda não se sabe se a ligação do café com a depressão seja causa ou consequência – se o café seria um protetor para a doença ou se as pessoas com tendência depressiva evitariam tomar café.

Para saber mais sobre a pesquisa acesse http://archinte.ama-assn.org/cgi/content/abstract/171/17/1571.

Escrito por Jairo Bouer as 08h17

O espaço de comentários do blog do Dr. Jairo Bouer pode ser moderado. Regras de uso

Britânicos buscam sutiã perfeito

 

Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Portsmouth, na Inglaterra, está tentando fazer a fórmula para o sutiã perfeito, que sustente as mamas em todas as direções da movimentação feitas durante a atividade física. O grupo já avaliou centenas de mulheres com tamanhos diferentes de mamas, usando vários modelos de sutiãs e praticando diversas atividades – como esportes e realização de limpeza doméstica, por exemplo.

            Durante os testes foi registrado um movimento máximo de 21 cm das mamas durante exercícios. Mas a direção desse movimento varia muito. Numa caminhada, por exemplo, as mamas se movem em proporções iguais para dentro e para fora, para cima e para baixo e de um lado para outro. Já numa corrida, 51%do movimento é para cima e para baixo, 22% de um lado para outro e 27% para dentro e para fora. Quanto maior o volume do peito, maior o movimento.

            Enquanto não se desenvolve o sutiã perfeito para cada atividade, a equipe sugere que as mulheres se atentem à ajustabilidade, às alças largas e acolchoadas, ao suporte e conforto que o produto oferece. Permitir muita movimentação das mamas pode trazer dano aos ligamentos de Cooper, responsáveis pela sustentação das mamas e que não podem ser reparados.

Para ler mais sobre a pesquisa acesse http://www.port.ac.uk/aboutus/newsandevents/news/title,142681,en.html.

Escrito por Jairo Bouer as 08h15

O espaço de comentários do blog do Dr. Jairo Bouer pode ser moderado. Regras de uso

 

Busca

 

O Autor

 

Dr. Jairo Bouer

Jairo Bouer é médico formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, com residência em psiquiatria no Instituto de Psiquiatria da USP. A partir do seu trabalho no Projeto Sexualidade do Hospital das Clínicas da USP (Prosex), passou a focar seu trabalho no estudo da sexualidade humana. Hoje é referência no Brasil, para o grande público, quando o assunto é saúde e comportamento jovem, atendendo a dúvidas através de diferentes meios de comunicação.

Sobre o blog

 

Neste espaço, Jairo Bouer publica informações atualizadas e tira dúvidas sobre saúde, sexo e comportamento.

Histórico

 



 

© 1996-2010 UOL - O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.