Blog do Dr Jairo Bouer
 

21/06/2010

Jovens se sentem mais solitários

Uma pesquisa encomendada pela Mental Health Foundation, da Inglaterra, mostrou que jovens se sentem mais solitários do que idosos. Enquanto quase 60% das pessoas entre 18 e 34 anos disseram que sentem solidão com frequência ou às vezes, a taxa foi de 35% para os entrevistados com mais de 55 anos. Foram entrevistadas 2.256 pessoas.

Um dos fatores que poderia acentuar o isolamento é a tecnologia – apesar de também oferecer novos modos de as pessoas se conectarem. Quase um terço dos jovens disse passar tempo demais se comunicando com a família via internet em vez de encontrá-la ao vivo. Houve variações também em relação ao sexo: mais mulheres se disseram solitárias do que homens, com maior tendência a se sentirem deprimidas por causa disso.

Comentário: muita gente admite que acaba se acomodando com a internet e tem a sensação de que se comunica mais com amigos e familiares – só que, no final, fica mais tempo sem vê-los de verdade. Não há nenhuma dúvida de que a internet criou vários modos de contato que antes eram impensáveis. Mas será que trocar emails, recados em sites de relacionamento e mensagens instantâneas realmente dá a sensação de intimidade e companheirismo? Será que ficar num chat no final de semana tem o mesmo peso do que sair para passear com os amigos e, acima de tudo, vivenciar experiências com eles?

Ter uma relação – seja ela uma amizade, um namoro ou de parentesco – não significa apenas manter um contato virtual para saber como o outro está. É preciso construir uma história juntos. Resta saber se uma história toda intermediada pela internet consegue ser sólida o suficiente para afastar a solidão.

Para ler mais sobre a pesquisa acesse http://www.mentalhealth.org.uk/media/news-releases/news-releases-2010/25-may-2010/.

Escrito por Jairo Bouer as 22h13

O espaço de comentários do blog do Dr. Jairo Bouer pode ser moderado. Regras de uso

 

Busca

 

O Autor

 

Dr. Jairo Bouer

Jairo Bouer é médico formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, com residência em psiquiatria no Instituto de Psiquiatria da USP. A partir do seu trabalho no Projeto Sexualidade do Hospital das Clínicas da USP (Prosex), passou a focar seu trabalho no estudo da sexualidade humana. Hoje é referência no Brasil, para o grande público, quando o assunto é saúde e comportamento jovem, atendendo a dúvidas através de diferentes meios de comunicação.

Sobre o blog

 

Neste espaço, Jairo Bouer publica informações atualizadas e tira dúvidas sobre saúde, sexo e comportamento.

Histórico

 



 

© 1996-2010 UOL - O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.