Blog do Dr Jairo Bouer
 

11/04/2010

Caminhar ajuda mulheres a prevenir derrames

            Uma pesquisa feita pela Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, mostrou que caminhar a passos vigorosos por pelo menos duas horas semanais ajuda as mulheres a diminuírem os riscos de sofrerem um derrame. O estudo foi feito com 39 mil mulheres de idade média de 54 anos. Elas foram acompanhadas por 12 anos.

            As mulheres que fizeram caminhadas regulares, com velocidade de pelo menos 4,8 km/h, tiveram 37% a menos de risco de sofrer um derrame. Segundo os pesquisadores, para se ter uma idéia “geral” da velocidade adequada para a caminhada a pessoa deve ser capaz de conversar durante a atividade, mas não de cantar. Se não conseguir falar, pode diminuir um pouco o passo. Se conseguir cantar, precisa acelerar um pouco o ritmo.

Para saber mais sobre o estudo acesse http://stroke.ahajournals.org/cgi/content/abstract/STROKEAHA.110.584300v1?maxtoshow=&hits=10&RESULTFORMAT=&fulltext=Sattelmair&searchid=1&FIRSTINDEX=0&resourcetype=HWCIT.

Escrito por Jairo Bouer as 23h52

O espaço de comentários do blog do Dr. Jairo Bouer pode ser moderado. Regras de uso

Tabagismo é ligado a QI mais baixo

Um estudo feito no Centro Médico Sheba, em Israel, associou o tabagismo a um QI mais baixo entre militares de 18 anos. A pesquisa foi feita com 20 mil recrutas do serviço militar israelense. Não havia nenhum voluntário com problemas de desenvolvimento mental no grupo.

Entre os recrutas avaliados, 28% fumavam pelo menos um cigarro por dia e 3% eram ex-fumantes. Outros 68% nunca tinham fumado. A média do QI entre os não-fumantes foi de 101, enquanto entre os garotos que começaram a fumar antes do exército a média ficou em 94 pontos. O QI entre os fumantes diminuía proporcionalmente ao número de cigarros consumidos por dia – de 98 entre os que fumavam apenas um cigarro para 90 entre os que fumavam mais de um pacote diário.

A diferença de QI entre fumante e não-fumantes se manteve mesmo após os cientistas fazerem ajustes baseados em dados socioeconômicos, como os anos de educação formal completados pelo pai do voluntário.

Para ler mais sobre a pesquisa acesse http://www3.interscience.wiley.com/journal/122685664/abstract.

 

Escrito por Jairo Bouer as 23h48

O espaço de comentários do blog do Dr. Jairo Bouer pode ser moderado. Regras de uso

 

Busca

 

O Autor

 

Dr. Jairo Bouer

Jairo Bouer é médico formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, com residência em psiquiatria no Instituto de Psiquiatria da USP. A partir do seu trabalho no Projeto Sexualidade do Hospital das Clínicas da USP (Prosex), passou a focar seu trabalho no estudo da sexualidade humana. Hoje é referência no Brasil, para o grande público, quando o assunto é saúde e comportamento jovem, atendendo a dúvidas através de diferentes meios de comunicação.

Sobre o blog

 

Neste espaço, Jairo Bouer publica informações atualizadas e tira dúvidas sobre saúde, sexo e comportamento.

Histórico

 



 

© 1996-2010 UOL - O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.