Blog do Dr Jairo Bouer
 

10/11/2009

Fumo começou antes dos 15 anos para 65% dos tabagistas

Um levantamento feito pela Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo com 500 pessoas mostrou que 65% dos tabagistas começaram a fumar antes dos 15 anos. Entre eles, 3% deram as primeiras tragadas antes de completarem 10 anos. Mas se a dependência começa tão cedo, a busca por ajuda para abandonar o cigarro demora bastante.

Entre as pessoas consultadas na pesquisa, 64% só procuraram tratamento para se livrar do tabagismo depois dos 45 anos. Apenas 2% dos entrevistados foram atrás de ajuda quando tinham de 15 a 24 anos. A boa nova é que a maior restrição de locais que toleram o fumo, a presença freqüente na mídia de campanhas que e esclarecem sobre os riscos do cigarro e a maior disponibilidade de locais que oferecem tratamentos tem feito com que menos pessoas comecem a fumar e com que mais pessoas abandonem o hábito. Tomara que essa tendência se mantenha!

Para ler mais sobre a pesquisa acesse http://www.saude.sp.gov.br/content/hileslotro.mmp.

Escrito por Redator as 14h44

O espaço de comentários do blog do Dr. Jairo Bouer pode ser moderado. Regras de uso

08/11/2009

Videogame em excesso atrapalha concentração

Uma pesquisa feita pela Universidade Estadual de Iowa, nos Estados Unidos, mostrou que pessoas que jogam mais de 40 horas semanais de videogame podem apresentar maior dificuldade de concentração em atividades longas, havendo uma associação com os transtornos de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH).

O estudo contou com aproximadamente 50 homens de 18 a 33 anos divididos em dois grupos: os que jogavam algumas horas de videogame por semana e os que passavam mais de 40 horas semanais na atividade. Os voluntários foram monitorados com eletroencefalogramas (teste que mapeia a atividade cerebral) enquanto faziam testes de atenção. A atenção reativa – que mede a rapidez com que uma pessoa responde um teste – foi muito semelhante entre os dois grupos. Mas, conforme o tempo ia passando, os jogadores excessivos foram se desconcentrando nos testes aplicados.

Os cientistas pretendem agora medir a capacidade de retenção de informação nos dois grupos, observando se já existe diferença na formação de memória de curto prazo.

Assim como em outras atividades (jogar por dinheiro, fazer sexo, comprar, navegar na internet), as pessoas podem desenvolver um comportamento compulsivo em relação ao videogame e, isso vai ter um impacto direto em sua vida, com possíveis prejuízos para as atividades cognitivas (concentração, memória, retenção e processamento da informação, entre outras). Por isso, principalmente no caso dos adolescentes, é bom que os pais fiquem atentos!

Para ler mais sobre a pesquisa acesse http://www3.interscience.wiley.com/journal/122631858/abstract.

Escrito por Jairo Bouer as 20h45

O espaço de comentários do blog do Dr. Jairo Bouer pode ser moderado. Regras de uso

 

Busca

 

O Autor

 

Dr. Jairo Bouer

Jairo Bouer é médico formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, com residência em psiquiatria no Instituto de Psiquiatria da USP. A partir do seu trabalho no Projeto Sexualidade do Hospital das Clínicas da USP (Prosex), passou a focar seu trabalho no estudo da sexualidade humana. Hoje é referência no Brasil, para o grande público, quando o assunto é saúde e comportamento jovem, atendendo a dúvidas através de diferentes meios de comunicação.

Sobre o blog

 

Neste espaço, Jairo Bouer publica informações atualizadas e tira dúvidas sobre saúde, sexo e comportamento.

Histórico

 



 

© 1996-2010 UOL - O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.